Filipe Catto no Memorial

1947685_808790899134640_1946356637_nAh sim, o show no dia 17 de março, mas eu só vim escrever hoje. O Memorial da América Latina estava celebrando 25 anos e por isso convidou Elba Ramalho, Filipe Catto e Marcelo Jeneci para show de graça no domingo, segunda e terça, respectivamente. Eu passei lá no show do Catto .

Já tinha visto o Filipe Catto ao vivo e não tinha gostado de nada. Fico feliz em dizer que a minha opinião mudou. Fiquei bastante impressionada com a potência vocal dele e como a voz muda entre o falar e o cantar. Fica mais fina, a la Ney Matogrosso. A interpretação dele também é forte e chama atenção. Não sei, percebi que ele é o tipo de cantor que se transforma quando começa a cantar. E não precisa ser muito esperto para notar isso.

Catto passou por canções próprias e mais músicas de artistas que admira. Ele cantou “Eu menti para você”, da Karina Buhr, numa versão mais light e sem o charme pernambucano de Buhr; “Dois perdidos”, do Arnaldo Antunes e não estava sabendo, mas a canção “Sem Medida” (que não vi ele tocar neste show ou não prestei atenção o suficiente. Escute e veja no final do post), que é de um dos músicos paulistas que eu mais gosto, Pélico, é a música de trabalho de Catto. O cara anda bem acompanhado.

Aproveitando que no dia 17 de março é também o aniversário de Elis Regina, ele cantou duas músicas da cantora. “Como nossos pais” foi a capela mesmo e acompanhada por todos os presentes. O show não tava muito cheio, no máximo umas 500 pessoas, o que foi bom, porque dava para ficar bem na frente do palco. O ruim foi não estar com a máquina e não conseguir tirar nenhuma boa foto pelo celular. Por isso, roubei essa foto aí do Fã Clube do cara no Facebook.

O Filipe Catto tem dois discos lançados, Fôlego (2011) e Entre cabelos, olhos e furacões (2013) e é um rapaz lá do Sul. Nasceu em Lajeado e mora em São Paulo desde 2010. Veio para cá um ano depois de lançar um EP, Saga, que também é o nome de sua música mais conhecida. Escute !

COMO CHEGAR?

O Memorial da América Latina fica na Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664, na Barra Funda. Chegar lá é a coisa mais fácil do mundo de metrô. Basta entra na linha vermelha e ir em direção a Palmeiras – Barra Funda. Daí, só descer nesta estação e atravessar a rua. Sacou?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s