Filipe Catto no Memorial

1947685_808790899134640_1946356637_nAh sim, o show no dia 17 de março, mas eu só vim escrever hoje. O Memorial da América Latina estava celebrando 25 anos e por isso convidou Elba Ramalho, Filipe Catto e Marcelo Jeneci para show de graça no domingo, segunda e terça, respectivamente. Eu passei lá no show do Catto .

Já tinha visto o Filipe Catto ao vivo e não tinha gostado de nada. Fico feliz em dizer que a minha opinião mudou. Fiquei bastante impressionada com a potência vocal dele e como a voz muda entre o falar e o cantar. Fica mais fina, a la Ney Matogrosso. A interpretação dele também é forte e chama atenção. Não sei, percebi que ele é o tipo de cantor que se transforma quando começa a cantar. E não precisa ser muito esperto para notar isso.

Continuar lendo

Anúncios

Noite vazia no Criolina com Nevilton

Foto: Facebook/Criolina
Em março deste ano saiu o segundo disco do Nevilton, trio paranaense que leva o nome do frontman. Sacode!, pelo o que eu andei olhando na internet teve muita mais gente falando bem do que mal, mas eu, me junto as outras vozes. Não gostei. Vi o show no Criolina esta segunda (18/11), dia inclusive em que toquei como DJ após a apresentação dos caras e confesso que não mandei lá muito bem, como gostaria. Entretanto…O post não é sobre mim, então voltemos ao ponto central. Continuar lendo

Baiana System no Palco Criolina

536837_10151937599522427_713263469_n

Baiana System ao vivo e a cores no Criolina. Crédito: Facebook/Reprodução

A primeira vez que eu ouvi falar de Baiana System foi com o B. Negão. Ele disse: “Eu tô trabalhando com uma banda muito boa lá da bahia, escute lá!”. Baixei e nunca escutei. Um belo dia resolvi que ia dar uma chance. Passei a escutar dias a fio. Até hoje não consegui tirar do meu celular e até fiz questão de discotecar a música “Da Calçada Pro Lobato”,  do disco homônimo (2010). E no “diga-me com quem andas, que eu lhe direi quem és”, olha quem está no CD: Chico Corrêa, Lucas Santtana, Gerônimo, Roberto Mendes, Buguinha Dub e o BNegão. Continuar lendo

Lucy and the Popsonics no Teatro Oi

Sensual e debochada, Fernanda Popsonic mostra atitude à frente do Lucy. Crédito: Alê dos Santos

Sensual e debochada, Fernanda Popsonic mostra atitude à frente do Lucy. Crédito: Alê dos Santos

Não consigo muito bem entender o que anda acontecendo nessa cidade. Não sei se são as próprias bandas e ao mesmo tempo o público que ficou tão diluído e preguiçoso. Mas por que uma banda bacana como o Lucy and the Popsonics tocou para um público tão minguado? O povo reclama disso, daquilo, daquilo outro, mas só vai em festa que tem DJ e banda cover. As bandas pelo o que eu vejo, também preferem ficar em casa tocando no “porão” e soltando singles na internet, do que fazendo shows. E não vem com essa história de que Brasília não tem lugar, porque quem procura acha. Sim, o buraco é beeeem mais embaixo e tá na hora de usar a criatividade.  Continuar lendo

Abayomy Afrobeat Orquestra no Teatro Oi Brasília

DSC_1997

A felicidade já havia contagiado o ambiente e muita gente foi lá para frente dançar. Crédito: Alê dos Santos

Eu confesso que não ia sair de casa para assistir ao Abayomy, mas é claro que uma banda que tem “afrobeat” no nome tem muitas chances de ser boa. Foram dois amigos, que eu honestamente confio muito no bom gosto musical, que acabaram por me convencer a ir. Fui.

Desde o começo do show não fiquei sentada. O show foi no Teatro Oi Brasília, na última sexta-feira (27.09), e algumas pessoas também não conseguiram se sentar. Outras foram levantando a cada música que tocava. A apresentação começou bem animada com as músicas “Eru” e “Malunguinho”, que não por acaso são as canções que abrem o disco homônimo do super grupo. Continuar lendo

Justin Timberlake no Rock in Rio

602389_628048800560066_1660308618_n

Feliz da vida, Justin Timberlake em show no Rock in Rio 2013. Foto: Facebook do Festival.

Não tenho muita paciência para festivais gigantescos, tudo porque não gosto de lugares onde não dá para fazer as coisas sem o mínimo de conforto. É como viajar de avião, você sempre tem que estar alerta e se descansar, pode “dá merda”. Pode perder o voo ou dormir de mal jeito em uma poltrona desconfortável. Deu para entender que eu estou assistindo o Rock in Rio (RiR) todo pela televisão, né?

No último domingo (15.09), a grande atração era o Justin Timberlake. Desde que ouvi pela primeira vez “Suit & Tie“, que tem uma pequena participação do Jay-Z, resolvi que estava na hora de dar uma chance ao ex-‘N Sync. Nunca antes na vida havia escutado um CD inteiro do Justin, apenas músicas jogadas ao vento, como “Sexy Back” ou “4 Minutes” (essa em parceria com a Madonna).  Era a vez de The 20/20 Experience.  Continuar lendo

Nouvelle Vague no Celebrar Brasília

1187299_716221898393665_98538549_n

Vocalistas do Nouvelle. Crédito: Rafaella Ferrugem.

A menina tem a voz rouca, é ruiva, tem peito, tem bunda, é francesa, fala francês, está bem vestida e ainda fica mostrando os fundos durante o show inteiro. O que você faz com essa vocalista do Nouvelle Vague? Termina de ver o show e vai para casa dormir, né? Se você não achou isso tudo da Elodie Frégé e prefere uma morena, a cubana radicada em Paris, Liset Alea, também faz parte do grupo. É só escolher. Dá para saber que todo mundo ficou babando pelas meninas durante a apresentação. Eu não podia ser diferente. Continuar lendo